segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Nostalgia




Boa tarde...Feriado suave, quente, ventilado...aconchegante. Resolvi pôr minha playlist para tocar na ordem aleatória. Passei a manhã pensando nas minhas "memórias de adolescente". Aliás, essa semana toda tem sido meio nostálgica, revirei minha caixinha de recordações, por algumas vezes, na tentativa de encontrar algum conforto. É engraçado, eu li as cartas das minhas amigas da época de escola, quando a gente fazia "juras de amor eterno" ou sofríamos como se mundo acabasse por aquele carinha descolado, de uma séria acima da nossa. (Risos). Nossa, eu lembro claramente de um período que morei longe da minha cidade natal, quando conheci novas pessoas, na época eu achei o fim por que foi cortado o "cordão umbilical" com os amigos de infância, em compensação, foi uma fase que eu não sei se teria vivido com a mesma atenção que vivi na outra cidade. Hoje em dia eu sorrio das coisas que aconteceram, das "macaquices", dos choros desesperados, das experiências, da primeira "pisa"...Ontem eu mostrei a uma dessas minhas amigas de escola, pelo WEBCAM, claro, fotos e algumas cartas que ela havia escrito para mim. Ela riu tanto e pediu que eu scanneasse as coisas e mandasse pra ela. Claro, ela vai ver a foto do que escreveu há...7 ou 8 anos atrás. Nossa! Já se passaram 7 ou 8 anos!? A vida passa tão depressa...Minha adolescência passou e eu nem vi direito. Agora estou entrando no mundinho dos adultos. Você, meu leitor querido, deve estar se perguntando: "Hoje é o aniversário dela? Por isso tanta nostalgia?", e a resposta é "não, amado"...Hoje não é meu aniversário, hoje só é uma tarde de setembro, uma tarde ventilada e quente de setembro...Uma tarde suave e musical de setembro..7 de setembro não é só um feriado para mim, é uma data que marcou uma época na minha vida...Por mais que, na época, eu não tenha dado tanta importância assim, o amadurecimento pessoal me fez perceber que tem a sua importância. Hoje eu estou aqui e vou curtir minha tarde, refletir sobre minha adolescência. "Mas, Carlinha, por que voltar a adolescência?". Eu respondo com uma outra pergunta e uma afirmação: 1 - Por que não voltar a pensar a um passado que foi bom?! e 2 - Um presente bem vivido é sinal de um passado bem resolvido... Capicce?! Hoje eu vou curtir a minha nostalgia, sorrir e chorar. Me perdoem os que desaprovam, mas hoje eu vou ser adolescente de novo.

beeeijosss

4 comentários:

sabrina mcosta disse...

qerida adolescencia
q nao acaba!

Annie Manuela disse...

Carlinha, adorooooooo mexer em coisas antigas, também tenho uma caixinha dessas de recordações. E me pego chorando ao ler as cartinhas antigas ou os diários rsrs.
Haaaa eu também quero que me mande a tal cartinha que escrevi, adoro recordar.
Vou ficar te cobrando a cartinha até vc mandar, quem mandou me falar?! rsrsrs.
Bons tempos aqueles...

Bjks.

Pedro Antônio disse...

Ei,Carlinha!

O seu blog é uma delícia! Eu também adoro recordar tudo de bom que vivi! Pois, se a vida tem seus momentos difíceis, ela também nos reserva amizades e sensações que ficam pra sempre no nosso coração como um bálsamo!

Um beijãooo!

Te espero sempre na torre! :)

Pedro Antônio

Rebeca disse...

Ai ai, tudo passa tao rapido e a gente nem percebe ne?
Mas as melhores lembranças e situaçoes, ficam sempre guardadas na memoria :)

beijinhos!